Pesquisa: Obstáculos ao acesso ao tratamento de mieloma múltiplo devido à pandemia de COVID-19 e outros fatores na América Latina e no Canadá

A Clintract, Inc. criou, distribuiu, coletou e analisou a pesquisa sobre o "Tratamento de mieloma múltiplo: Obstáculos de acesso devido à pandemia de COVID-19 e outros fatores na América Latina e Canadá ".

A pesquisa foi planejada para fornecer uma visão geral da condição de pacientes com mieloma múltiplo, incluindo o impacto socioeconômico da doença e acesso ao tratamento e cuidados.

Quatro associações membro da Rede Alianza Latina participaram da pesquisa: Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia – ABRALE, Fundação Argentina de Mieloma (FAM), Fundação Colombiana de Leucemia e Linfoma e Unidos, do México.

As informações ajudam a apoiar os grupos de defesa de pacientes na América Latina e no Canadá e informam o debate entre a sociedade civil e autoridades de saúde em relação às iniciativas e políticas voltadas ao atendimento desses pacientes, para que o acesso ao tratamento possa ser otimizado na esperança de melhorar a qualidade de vida de pessoas com mieloma múltiplo.

Dentre os desafios identificados, 37% dos entrevistados relataram ter problemas com o acesso às instalações de tratamento devido a conflitos de agendamento relacionados à Pandemia COVID-19, transporte, distância e / ou fatores sociais e 89% dos pacientes nunca tiveram uma conversa com seu médico sobre infusões em casa.

Para ter acesso ao conteúdo da pesquisa, acesse:

INSERIR LINK DE ACESSO AO DOCUMENTO

14º Fórum da Alianza Latina


  • 14º Fórum Alianza Latina – Melhores Práticas para o 3° Setor da Saúde - 12 e 13 de dezembro.

    Veja

Rede Alianza Latina

  • Missão

    Promover a capacitação, profissionalização e cooperação entre organizações de apoio ao paciente para melhorar, de forma contínua, a qualidade de vida dos pacientes na América Latina.

  • Visão

    Ser o maior interlocutor frente aos órgãos de saúde e governos na América Latina.